Notícias

Categoria: Geral

Caminhão da Caixa Econômica já está em Queimados para a liberação dos recursos do FGTS

Textp: Dine Estela

Fotos: Ailton Tinho

O atendimento também poderá ser feito em qualquer agência em todo o Estado

A prefeitura de Queimados firmou uma parceria com a Caixa Econômica Federal para a instalação de uma agência itinerante para atender especialmente as pessoas que sofreram com as duas últimas chuvas que assolaram a cidade em dezembro de 2013, deixando mais de duas mil pessoas desalojadas e desabrigadas. Todos os moradores dos 23 bairros atingidos pelas chuvas, terão direito a retirar os recursos do FGTS no valor de até F$ 6.200 para se recuperar das perdas e danos. A agência itinerante da Caixa Econômica Federal fica na Vila Olímpica (Avenida Maracanã, s/n° - Vila Pacaembú) até 22 de janeiro, das 10h às 16h.  O atendimento também poderá ser feito em qualquer agência da Caixa até o dia 12 de março.

Para a liberação do benefício e no máximo cinco dias, os interessados deverão apresentar originais e cópias dos documentos de identidade, carteira de trabalho e comprovante de residência, caso tenham perdido essa documentação, a Secretaria de Habitação da cidade está liberando uma declaração de residência. A secretaria fica à Rua Felix, n° 1581 – Centro. Tel: (21) 3770-3919.  Quem perdeu a carteira de trabalho vai precisar de uma declaração de todas as empresas onde trabalhou. Esta  informação pode ser adquirida em uma agência do INSS, em Queimados a agência funciona na Estrada Carlos Sampaio, S/n, Centro. 

Segundo o prefeito Max Lemos, Queimados foi o primeiro município a receber o atendimento da Caixa Econômica. “O objetivo é que essas famílias atingidas pelas inundações possam retirar o Fundo de Garantia, normalmente utilizado para compra e financiamento de imóveis., quem teve perda total da residência também já está inscrito no Aluguel Social e receberá dentro de seis meses, um dos 1.500 apartamentos do programa “Minha Casa, Minha Vida”, no condomínio do bairro Parque Eldorado”, informou o prefeito.

Segundo o gerente operacional, Emílio Quinta, o serviço está sendo disponibilizado por conta do Decreto de Situação de Emergência publicado pelo prefeito Max Lemos, “O Decreto de Situação de Emergência feito pelo prefeito viabilizou este trabalho especial da Caixa Econômica, que irá agilizar para que as famílias possam se recuperar o mais rápido possível,” observou o gerente.

Para José Carlos, bairro Jardim Alzira, esta será a oportunidade de recuperar sua residência e recomeçar do zero. “Foi a primeira vez que entrou água na minha casa, não estava preparado para esta calamidade. Moro neste bairro há 25 anos e nunca tinha passado por isso, agora vou me preparar para que não aconteça novamente. Vou subir o terreno e fazer barragens para que a água não chegue novamente, além de comprar alguns móveis. Ainda bem que poderemos recorrer destes recursos para nos ajudar”, destacou.

Edmilson de Paula, bairro São Roque, não teve condições de fazer a ceia de Natal do seu filho de 16 anos, mas ainda faz planos de conseguir realizar o desejo da família. “Essa é uma tradição da minha família e estamos muito tristes por não conseguir fazer nossa Ceia no Natal, mas assim que conseguir os recursos compraremos móveis novos e faremos a nossa Ceia de Natal, mesmo que seja em janeiro,” enfatizou. 

Quinta-feira, 2 de Janeiro de 2014